11 de dezembro de 2023 por Clínica Uma

Doenças de inverno - Parte 1

Tosse, espirros, coriza, garganta inflamada... difícil não ter pelo menos um desses sintomas nessa época do ano, né?!


 


É que as baixas temperaturas facilitam a disseminação dos vírus causadores de gripes, resfriados e outras doenças respiratórias, principalmente em ambientes mais fechados e com pouca circulação de ar. 


 


Além disso, o tempo seco também contribui para aumentar a incidência dos casos de sinusite, rinite, bronquite, asma e demais problemas alérgicos. Ou seja, é muito difícil mesmo não ficar doente quando chega o inverno!


 


E quais as recomendações para enfrentar essa estação sem grandes prejuízos à saúde? 


 


O primeiro passo é aumentar a hidratação. Justamente porque transpiramos menos nas baixas temperaturas, sentimos menos sede e, consequentemente, bebemos menos água – o que não é recomendado pelos médicos. Então, aproveite o friozinho e invista não só na água, como também em chás e outras bebidas quentes. Manter-se bem hidratado evita também o ressecamento das mucosas, dificultando a entrada de vírus e bactérias no organismo.


 


Outra dica é caprichar na dieta. Há alguns alimentos que contribuem bem para aumentar a imunidade.


 


O alho, por exemplo, contém alicina, substância que estimula a resposta imunológica. Apesar do sabor forte dele cru não ser muito aceito por todos, dá pra usar o ingrediente cozido para temperar arroz, feijão, carnes, sopas e molhos.


 


Frutas cítricas como laranja, limão, acerola, kiwi e abacaxi são ricas em vitamina C e ajudam na resistência. Outras fontes dessa importante vitamina, são alimentos verde escuro como brócolis, couve, rúcula e espinafre.


 


Castanhas, nozes e outras oleaginosas, contêm antioxidantes que combatem os radicais livres, Já cogumelos como shimeji e shitake, que são ricos em selênio, ainda possuem ácido fólico, que ajuda na produção de glóbulos brancos, os responsáveis pela defesa do nosso organismo.


 


Para dar uma incrementada nos chás, invista em especiarias. A canela possui ação antibacteriana, anti-inflamatória e expectorante. O gengibre também tem função expectorante e ajuda a reduzir a inflamação e a dor de garganta. 


 


Quem gosta de mel e própolis, pode aproveitar: eles são considerados antibióticos naturais e ajudam bastante no tratamento de problemas pulmonares, aliviando os sintomas de gripes e resfriados.


 


No mais, se não conseguir evitar as tradicionais doenças de inverno, procure um médico assim que aparecerem os primeiros sintomas e siga as recomendações do profissional.

11 de dezembro de 2023
Angiotomografia das artérias coronárias: mais um exame disponível na UMA
11 de dezembro de 2023
Ultrassom morfológico e a importância para as mamães